Eu aguento tudo!

tumblr_lb9kfecLXi1qdzy92o1_500.png

No quintal da minha casa há uma enorme árvore. Esta árvore é um abacateiro, e infelizmente, nunca deu fruto.. Durante o inverno há várias tempestades, com ventos muito fortes, tão fortes que até fica difícil andar na rua. No entanto, o que mais me surpreende, é a maneira como ela, dia após dia, aguenta e sobrevive. Isso fez me pensar. Como é que era possível? O maior obstáculo dela a testava diariamente, mas mesmo assim, ela mantém-se forte. De vez em quando cai uma folha ou até mesmo um ramo, porém ela sempre recupera. Todos os dias eu olho pra ela e peço-lhe força e vontade, que ela contêm no seu interior. Impossível não ficar inspirada!

De repente me lembrei de um certo verão. Um verão onde tudo era possível e tudo podia acontecer. Em apenas alguns segundos, dei por mim rodeada de memórias e momentos, que julgava já esquecidos. Aquele beijo, aquela discussão, aquelas risadas na praia e aquelas lágrimas até adormecer.. Tudo! Houve momentos em que pensei saber realmente o que era a felicidade. Mas, por algum motivo que eu nunca saberei, você mudou, e com isso veio um sentimento que ainda hoje tento descobrir o significado: uma felicidade misturada com tristeza. Como é que eu podia me sentir feliz e triste ao mesmo tempo? Complicações chegaram, a tristeza foi vencendo a luta. Foi aí que você se foi. “Encontramo-nos na hora errada, estávamos bem quando tudo era fácil”, você disse. Eu te encarei, lágrimas caiam. Finalmente, arranjei algo para responder e sair dali de uma vez por todas:”Não preciso que as coisas sejam fáceis, apenas não podem ser tão difíceis”. E fui embora. Você deixou. Ás vezes me questiono se você pensa em mim. Durante o resto do calor, acolhi a dor, tal como se ela fosse uma velha amiga. Eu caí, você deixou. Mas não me espere quando me levantar! Pois o que foi, não voltará a ser. 

Eu acho que a vida é mesmo assim: um mar de obstáculos. O importante não é se caímos, mas sim como nos levantamos e recuperamos. A vida não foi feita pra ser fácil. Qual era a piada disso? O que é viver sem desafios e quedas? Eu sei que magoa, eu sei que algumas coisas dão cabo de nós. No entanto, o que importa não é se você caiu ou como caiu, mas sim como você vai se levantar. Durante a nossa vida, nós acumulados dor e tristeza, pancada atrás de pancada e soco atrás de soco. Mas se há algo que aprendi foi que esses sentimentos ruins podem ser curados e até transformados. A ruína é a estrada para a transformação.  Então não desista! Magoe-se, sofra e recupere! Cada vez que passa uma onda temos de ter o cuidado de não afundarmos, mas caso isso aconteça, não podemos desistir! Temos de dar à perna até voltarmos à superfície. E um dia, quem sabe, a gente consiga ser tão forte como uma árvore. 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s