Diário de viagem: 4º dia na Islândia

Este foi um dos dias que eu mais gostei na Islândia, porque foi dia de Golden Circle. Para quem não sabe, o Golden Circle é o nome da excursão mais procurada/realizada da Islândia. É feito em um dia e são aproximadamente 300 km. Consiste em 3 atrações:  Þingvellir national park (boa sorte para conseguir dizer a primeira palavra), a cachoeira Gullfoss (também conhecida por “Golden fall”) e o Vale Geotérmico Haukadalur (ou sem cerimônia: o local dos geysers). Ao contrário da maioria das pessoas, nós começamos pelos Geysers e não pelo National Park, mas vai dar tudo ao mesmo. Para nosso azar estava a chover imenso e um frio de rachar o bico, então…foi azar mesmo. Por isso, as fotos não estão lá grande coisa.

Vale Geotérmico Haukadalur

DSC_0806 DSC_0807 DSC_0809 DSC_0818 DSC_0819 DSC_0827Neste vale (sim isto é um vale), existem vários geysirs: o Grande Geysir (infelizmente decidiu andar meio inativo e explode muito raramente), o little geyser e finalmente o geyser Strokkur (que explode +/- entre 3 a 10 minutos, sem férias marcadas ainda). Na minha opinião, é uma experiência única vê-los a explodirem aquela água extremamente quente. Gente, é água aquecida pelo centro da terra, que de um momento para o outro dá um “espirro” e alcança alturas bastante impressionantes! A única coisa que correu mal foi o mau tempo, por isso não ficamos muito tempo por lá.

Pelo caminho passamos por uns cavalos muito lindos, e eu não resisti a tirar uma foto deles. Gente, eles pareciam modelos, já com pose e tudo! Dá uma olhada!DSC_0878DSC_0881DSC_0879DSC_0877

Cachoeira Gullfoss

Independentemente de começar no parque nacional ou nos geysirs a segunda parada é sempre (acho eu) a cachoeira Gulfoss. Uma curiosidade: foss significa cachoeira ou queda de água, ou seja todas as cachoeiras/quedas de água acabam por foss. A chuva já tinha parado o que tornou a visita muito mais agradável. Eu já tinha lido várias coisas sobre esta cachoeira, mas ao vivo é sempre diferente. E digo uma coisa: meteu respeito. Ela é considerada a maior cachoeira da Europa (…como das mais lindas). Nos dias de sol de sol é possível ver um lindo arco-íris por cima dela.  Algumas fotos não ficaram muito boas por causa que ainda estava meio nublado.. DSC_0902DSC_0988DSC_0926DSC_0933DSC_0938DSC_0939DSC_0942DSC_0943DSC_0945DSC_0946DSC_0947DSC_0950DSC_0952DSC_0955A cachoeira de vários ângulos, vários… :p

Þingvellir national park

A última parada (já de noite) foi no parque nacional Þingvellir. Lá já aconteceram vários eventos históricos (do passado, é claro!) que os islandeses consideram muito importantes. Por isso, o lugar é bem sagrado, e um pormenor: não têm nenhum papel jogado no chão ou na natureza. Fiquei muito impressionada com o cuidado que os islandeses têm para com o país deles. Não nenhum sinal de poluição. Uma nota: se você for viajar pra Islândia, não poluía. Aliás devia ser assim em todo o lugar! Bem, mas tirando isso o parque é super bonitinho. Fica situado entre duas placas tectônicas (americana e europeia). É possível fazer um mergulho (até aproximadamente 28 metros) entre elas.  Eu não fiz esse mergulho, porque não me apeteceu congelar em água a 4ºC. Brincadeira… só não fiz por falta de tempo mesmo.DSC_1063 DSC_1065 DSC_1066 DSC_1067 DSC_1073 DSC_1074 DSC_1078 DSC_1079 DSC_1080 DSC_1081 DSC_1086 DSC_1087 DSC_1088 DSC_1089DSC_1094 DSC_1090 DSC_1093 Gente eu amei essa fotooo :).

Até o próximo post!

Beijos da Ju ♥

 

Anúncios

Diário de viagem: 2º dia na Islândia

Esta foi uma das melhores noites da minha vida! Pode até parecer estranho, mas o beliche (e as camas) do hotel eram muito boas e confortáveis ou será que foi apenas a realização do meu sonho? Não interessa. Como podem imaginar o dia começou muito bem. Sabe aquela sensação estranha de acordar num local que não é o seu quarto? Eu senti isso. No entanto, é uma sensação boa, tal como a sensação de que ainda tenho vários dias pela frente. Dias incríveis! Mal posso esperar, estou tão feliz! Mas, continuando… Levantei, vesti e fui tomar o pequeno-almoço. Achei um piadão à torradeira (porque ela anda sozinha), o pequeno almoço do hotel era bem gostoso. O que eu mais gostei foi a vista para a cachoeira Skógafoss (lindaaa!).

Saímos do hotel. Hora de nos fazermos à estrada! Hoje íamos de Skógar até Höfn, onde íamos ficar hospedados na Guesthouse Holmur.kkkkkkkkkkkjDSC_0198Não demorou muito para que decidíssemos fazer a primeira paragem. Logo que vi uma praia de areia preta (devido às rochas vulcânicas), eu pedi pra pararmos para tirar umas fotos. DSC_0200DSC_0219DSC_0224DSC_0201DSC_0244Lindo, né? E agora… vamos num passeio pela areia??DSC_0273DSC_0275DSC_0278DSC_0288DSC_0291Ok, tá na hora de voltar.

De seguida, fomos procurar, aquela coisa…  Quem já pesquisou alguma coisa sobre a Islândia talvez já saiba. Mas, pra quem não: fomos procurar o avião abandonado (música de terror, ahahah). Nos anos 70 (acho eu…) um piloto teve de fazer uma aterragem de emergência na Islândia devido a um problema técnico no avião. Calma… não morreu ninguém. Mas, os destroços do avião permanecem nesse local até hoje. O único problema é que é muito difícil de achar ele (fica no meio do nada).DSC_0331DSC_0335DSC_0347DSC_0361Dando um “oi” da janela do avião.DSC_0369Tudo sob controlo!DSC_0375Decidimos comparar o nosso carro ao avião. O avião até quem nem é muito grande, né? Bem… hora de ir embora, ou melhor: seguir viagem.DSC_0401Paramos num restaurante para almoçar (esqueci de tirar fotos..). Um conselho: se for na islândia, peça a lamb soup (sopa de cordeiro…uma delícia!). Depois, continuamos até ao hotel, não resistimos em ir parando pelo caminho pra tirar foto com algumas coisas.DSC_0423DSC_0437Sabe aqueles centro de informação… Tipo de turismo? Pois, nós paramos num e pedimos informações sobre uma trilha para uma cachoeira que nós queríamos muito ver. E lá fomos nós..DSC_0443DSC_0446DSC_0453A caminho da cachoeira…DSC_0459Já a consigo ver 😉DSC_0455DSC_0463DSC_0462DSC_0486Linda demais… Hora de voltar…

Pra acabar o nosso dia, fomos juntinho dos icebergs/geleiras tirar umas fotos e apreciar esta beleza natural que cada vez esta a desaparecer mais. DSC_0500DSC_0501DSC_0531Uma foto artística 😀DSC_0534DSC_0535DSC_0562
DSC_0570
Chegando ao hotel (já de noite). DSC_0571DSC_0574Hora de ir dormir, adorei este segundo dia. Como será as aventuras do próximo dia? Mal posso esperar..

Beijos da Ju ♥

Diário de viagem: Islândia 1ºdia

Eu nem posso acreditar… 😀

Sim é verdade… estou na ISLÂNDIA!! O meu sonho finalmente se realizou e acreditem gente eu estou muito, mas muito feliz :’). E por isso eu quero compartilhar cada minuto passado neste país tão maravilhoso com vocês. Então decidi que vou fazer um diário de viagem, todos os dias (ou quando puder) posto um resuminho do que eu fiz. Pode ser? Então vamos lá…

1º dia:

Malas prontas, avião esperando. Tudo pronto pra eu embarcar e dar uma escapadela da minha rotina. Esta ia ser a minha primeira vez na Islândia, e como podem imaginar: eu estava muito animada. Tinha passado uma noite em Londres (só a dormir), porque não havia voos diretos pra lá. Mas isso não mudou minha excitação… Hora de embarcar. Entrando no avião a primeira coisa que eu lembrei de fazer foi apertar o cinto de segurança. Um hábito meu. Depois disso não lembro muito bem… Vi mais uma vez a demonstração de segurança e senti o avião levantar do chão. Passei o resto do voo a sonhar com todas as aventuras que eu iria viver nos próximos dias. Cabeça nas nuvens (literalmente).

DSC_0003Up in the air :).DSC_0011Primeiras impressões: Nossa, mas parece a lua.

O avião aterrou finalmente. Minha curiosidade aumentava cada vez mais. Estava à espera de sair e sentir aquele friosinho de que todos os blogs/guias falavam. Mas, para minha tristeza, colocaram uma espécie de tuneis que levavam diretamente para o aeroporto. Não reclamei, afinal ia ter muito tempo para sentir esse frio. Depois foi aquela história de passar pela polícia e não sei mais o quê. Ainda perdemos algum tempo no aeroporto, mas nada que estragasse o dia. Saímos do aeroporto já sentindo aquele frio meio que gostoso (eu achava que ia ser pior), e fomos levantar o carro que nós alugamos. Alugamos na Blue Car Rental e o preço foi à volta de 400 € (7 dias). Era um Dacia Duster. Então: se já temos carro e tudo o resto que precisamos, já podemos fazermo-nos à estrada!!! Que a aventura comece!!

Só mais uma coisinha: veja a imagem abaixo:DSC_0028Conseguiu ler? Se não eu digo o que estava escrito: U2BONO. Gente… É coincidência demais… Mas, como o carro já ia um pouco adiantado, não conseguimos ver se afinal era mesmo o Bono ou não… Ai Bono…

De volta à viajem… Agora tínhamos uma longa viajem pela frente. Nosso objetivo era ir de Keflavík até Skógar, onde ficamos hospedados no hotel Hotel SkógafossUm hotel nada mais, nada menos que em frente da cacheira Skógafoss. wsedfrg
Foi uma longa viagem, mas quando se está num país como a Islândia nunca se está aborrecido. O país está cheio de lindas paisagens (que dão lindas fotos) e deixam qualquer um espantado.DSC_0073DSC_0078O meu pai com medo do corvo (ahahah).

Ainda andamos umas horas de carro, até que chegamos a uma cachoeira que ficava no nosso caminho (Seljalandsfoss). Duas palavras: linda demais! Esta era a única cachoeira que podíamos passar por trás, sim por trás. Claro que ficamos super molhados, mas… valeu a pena!DSC_0090DSC_0095DSC_0106Uma foto atrás da cachoeira. Molhada 100%.

Depois, andamos mais um pouco, até que chegamos ao hotel. A vista não podia ser melhor.30106256Vista do pequeno almoço. Que sonho!!

Eu achei o quarto do hotel bastante simples, mas muito limpinho. A comida do restaurante também era uma delícia! E… realizei meu sonho… Eu sei que isto vais parecer bastante clichê, mas… eu sempre quis dormir na cama de cima de uma beliche. Sim, você pode rir da minha cara, mas eu não sei… Sempre quis fazer isso. Um sonho meu que já vem desde criança. Só digo, que a sensação de concretizar um sonho (mesmo sendo pequeno), é muito boa!

Depois de chegarmos e arrumarmos as nossas coisas, decidimos subir em cima da cachoeira Skógafoss (a que fica bem na frente do hotel). Hora de subir umas escadinhas…DSC_0158Vixe… deu preguiça de subir, só de olhar.. Mas, eu e o meu pai estávamos bem ansiosos!DSC_0161Ainda só subimos metade, mas gente… olha só esta vista…

Antes de chegarmos no topo, há uma espécie de caminhos (muito perigosos!!), para quem quiser ter uma vista mais privilegiada ainda. Eu não aconselho muito porque se alguém cair ali, meu filho… acabou!!! Por isso, cuidado! Mas, mesmo assim eu insisti para que nos fossemos pelo menos até metade.DSC_0162DSC_0163Acho que o risco até que valeu uma foto boa… Agora tá na hora de subir toda essa escadaria e vê-la (a cachoeira) mais de cima ainda!DSC_0167DSC_0176Bem… hora de descer! Só uma coisa… Você reparou nos cadeados na grade, onde é que eu já vi isso. Pois.. Paris. Parece que o amor, definitivamente, está em todo o lado (rsrsrs)!DSC_0186DSC_0187Últimas fotos perto dela.DSC_0188DSC_0193Caras de quem está na Islândia tirando foto com uma cachoeira: 😀 .

Depois, voltamos para casa e demos como encerrado o dia. Se o dia de hoje foi assim tão bom, é porque a esta semana promete! Esta noite vou dormir com um sorriso na cara! Estou num dos lugares com as paisagens mais bonitas do mundo, com as pessoas que eu mais amo no mundo! Que mais podia pedir? Boa noite! Vou dormir, porque o dia de hoje começou e vai acabar com a realização de um sonho.

Espero que tenham gostado da novidade e do post, entretanto vou tentar postar todos os dias os diários, mas não prometo nada. Até à próxima! 😉 

Beijos da Ju ♥